Tânia Seles

Histórias afro-atlânticas

A exposição Histórias afro-atlânticas une dois dos maiores centros culturais de São Paulo, o MASP (Museu de Arte de São Paulo) e o Instituto Tomie Ohtake. São mais de 450 trabalhos de 214 artistas, do século 16 ao 21, em torno dos “fluxos e refluxos” entre a África, as Américas, o Caribe, e também a Europa. “O Brasil é um território central nas histórias afro-atlânticas, pois recebeu aproximadamente 46 por cento

The New Respects

Uma banda de rock formada por uma família negra e mandando muito bem! Se você ainda não conhece o The New Respects está perdendo tempo! A banda é uma das revelações da década e já foi eleita pela revista Rolling Stone um dos “10 Novos Artistas que você precisa conhecer”, com apenas dois singles lançados na época. Veja também: 5 bandas de rock com mulheres negras Three5Human: a resistência negra no

Janet Jackson

Um ícone é sempre um ícone. Janet Jackson estava sem lançar um single desde 2015, e após ter um revés em sua carreira, parece que agora está voltando com tudo e usando de influências da diáspora negra em seu trabalho, colocando-se em sintonia com os artistas da década como Beyoncé. Veja também: [Playlist] Os sons do continente africano: O pop da Nigéria Janelle Monáe faz uma ode ao feminino em

Lançamentos

Do funk ao rock selecionamos as melhores novidades musicais lançadas nos últimos três meses no cenário nacional e internacional. Chegamos a mais uma playlist trimestral com o que de melhor foi lançado nos últimos meses e dessa vez trouxemos canções que estão bombando e que vão entrar para a história da música. Começamos com o já icônico Childish Gambino e a sua “This is America”, o vídeo do single do

Afro-latinas e caribenhas

No último dia 25 de julho foi comemorado o Dia da Mulher Negra Latina e Caribenha. “A data marca o 1° Encontro de Mulheres Negras Latinas e Caribenhas, que ocorreu em 1992 em Santo Domingo, na República Dominicana. Nesta data vários coletivos do país se articulam em eventos que promovem protestos e em várias regiões do país acontecem eventos como a Marcha das Mulheres Negras.” Leia também: Em 25 de julho

[Playlist] Canções para o autocuidado: Mulher Negra, se cuide.

Ser uma mulher negra é muitas vezes ter que carregar o mundo nas costas, cuidar da família, da casa, do dinheiro e ainda tratar de ser levada a sério em um mundo que tritura os nossos sonhos todo dia. Com tanto peso, responsabilidade e a rotina diária, acabamos nos esquecendo de tirar um tempo para cuidar de nós mesmas no processo e acabamos nos deixando em segundo plano. Pensando nisso

Gaby Amarantos - Sou Mais Eu

Gaby Amarantos lançou no último domingo (27/5) o videoclipe de seu mais recente single “Sou+Eu”, o clipe conta com a participação de vários nomes importantes e é uma celebração da mulher negra e indígena. O elenco do vídeo é diverso e cheio de gente bonita, como Jonathan Azevedo, que atuou na novela “A Força do Querer”, a judoca Rafaela Silva, Gleice Damasceno, vencedora do Reality Show Big Brother, além dos

Michael B. Jordan - Chadwick Boseman - Filmes

O filme Pantera Negra quebrou barreiras, recordes de bilheterias e se tornou um marco para o cinema mundial, provando que sim, produções protagonizadas e produzidas por pessoas de cor são rentáveis e despertam interesse do público. O filme também deixou em destaque atores até então desconhecidos do grande público, mas que tem talento de sobra. Em filmes anteriores eles já provavam que mereciam a nossa atenção, mas não tiveram tanto

Negga

A cantora Negga é natural de Poços de Caldas, MG, e compõe desde os 12 anos de idade. Após participar de diversos eventos em Minas Gerais e passar por alguns grupos ela saiu em carreia solo aos 20 anos. “Rosas & perfumes” é o primeiro disco da cantora Negga, o trabalho se destaca pela presença forte do R&B, mas com uma pegada bem brasileira. Ao todo o trabalho conta com nove

O pop da Nigéria

A nossa primeira parada é na Nigéria com as novidades dos artistas pop. A África é um continente vasto, com mais de 50 países, cada qual com culturas diversas e únicas. Por isso é muito limitador e preguiçoso definir a cultura artística e musical do continente como uma coisa só. Pensando na vastidão de possibilidades e artistas que cada país possui, o Las Pretas vai começar a trazer playlists com