Tânia Seles

Issa Rae - Emmy 2017

No último domingo (17/9) ocorreu a 69ª edição do Primetime Emmy Awards, essa foi a edição em que as mulheres se destacaram recebendo os prêmios mais disputados da noite. As séries Big Little Lies e The Handmaid’s Tale foram os destaques da noite vencendo nas principais categorias, assim como o episódio San Junipero da série Black Mirror que venceu na categoria de Melhor Filme para TV. Um dos destaques dessas

Bliss - Meninas Superpoderosas

O trio de meninas superpoderosas ganhou mais uma integrante: o nome dela é Bliss, que significa felicidade, ela é a primeira personagem negra do desenho do canal Cartoon Network. Bliss é a irmã mais velha de Docinho, Lindinha e Florzinha e também foi criada de maneira acidental pelo atrapalhado Professor Utônio. Há algumas semanas o Cartoon Network já havia anunciado que o trio se tornaria um quarteto e deixou a surpresa

Mulheres de Cinzas

Mulheres de Cinzas é o primeiro livro da trilogia As Areias do Imperador do escritor moçambicano Mia Couto, ele narra os últimos dias do chamado estado de Gaza, o segundo maior império da África governado por um africano, Ngungunyane (Gungunnhane) foi o último imperador a governar toda a metade sul do território de Moçambique. Ele foi derrotado pelos portugueses em 1985 e deportado para os Açores, onde morreu em 1906.

Everyday Africa

Quando as pessoas pensam no continente africano a maioria das referências são de pobreza e exclusão, ou de animais exóticos e tribos. Mas o continente é muito mais do que isso e grande parte dessas referências são resquícios da visão da colonização europeia nessa região, que enxerga os habitantes como selvagens, pobres e menos evoluídos. Porém existe um perfil no Instagram chamado “Everyday Africa” que retrata o cotidiano dessas pessoas

Issa Rae - Cover Girl

Issa Rae, criadora e protagonista de série Insecure, uma das melhores séries sobre a experiência de ser uma mulher negra contemporânea, agora também é o novo rosto da marca de cosméticos Cover Girl. A marca anunciou a novidade hoje em seu Instagram e agora Issa Rae entra para o seleto grupo de mulheres negras influenciadoras que são referência na mídia abrindo caminho e servindo de modelo para outras mulheres, antes

Cabelo curto - Taraji P. Henson

Quando eu fiz o big chop em 2015 eu realizei um sonho antigo de ter o cabelo curto. Quando eu era mais nova sempre admirei as mulheres que tinham cabelo curto, mas as minhas referências sempre foram de moças brancas de cabelo liso com um corte que ficava lindo em quem tinha o rosto mais delicado, o que nunca foi o meu caso. Na adolescência eu fazia relaxamento no cabelo,

Grace Jones

Grace Jones, a diva absoluta da cultura pop, ganhou um documentário muito aguardado. Grace Jones: Bloodlight and Bami estreou essa semana no Festival Internacional de Cinema de Toronto e mostra a vida da cantora, destacando os bastidores de sua carreira e detalhes mais íntimos da vida de Jones, que fez história com o seu visual andrógino e atitudes únicos, além de ser um ícone da moda que é copiado até hoje. Grace

CocknBullKid

CocknBullKid é o nome artístico de Anita Blay, nascida em Londres em 1985. Na adolescência ela começou a se interessar por música e começou a escrever letras de rap enquanto conciliava trabalhos diurnos com o seu estilo de vida noturno e depois de perceber que não se encaixava naquela vida resolveu investir na carreira de cantora. Anita lançou o seu primeiro single “On My Own” em 2008 e conseguiu se apresentar no

Luke Cage

Se você acompanha os seriados da Netflix já deve estar por dentro da série Luke Cage, terceira série do universo Marvel na Netflix, e mais um herói que se prepara para integrar a equipe dos Defensores no ano que vem. A série estreou no dia 30 de setembro de 2016 e, além de contar a história do herói de aluguel à prova de balas, também trouxe uma trilha sonora impecável que,

Jurell Cayetano e as suas pinturas pós-impressionistas

Jurell Cayetano é um artista conhecido por suas pinturas pós-impressionistas que retratam pessoas negras em seu cotidiano. Usando guache e lápis de cor, Cayetano retrata o dia a dia de figuras de pele negra, são homens e mulheres nas mais diferentes situações: bebendo uma cerveja, no cabeleireiro, tocando violão ou posando displicentemente para o artista. O seu trabalho tem toques de pós-impressionismo e pode ser comparado com pintores como Paul Cézanne.