Ciborgue: saiba mais sobre o herói da Liga da Justiça

Ciborgue

O personagem Ciborgue fez a sua estreia no cinema no filme da Liga da Justiça (2017), mas a história do personagem vai muito além do que a retratada no filme mais recente do universo cinematográfico da DC Comics.

Na primeira versão do herói nas HQs Victor Stone era um astro do esporte, filho dos cientistas Silas e Elinore Stone, que se ressentia pela ausência dos pais. Em uma visita ao laboratório da empresa STAR, um acidente acaba acontecendo em uma experiência entre portais interdimensionais, um monstro aparece e mata a mãe de Victor e o deixa gravemente ferido. Seu pai consegue enviar o monstro de volta para outra dimensão e então o cientista usa algumas próteses, que não haviam sido testadas, para salvar a vida do filho. Ao acordar e ver o que sobrou de seu corpo Victor diz ao pai que preferia que ele o tivesse deixado morrer.

Ciborgue
Ciborgue HQ

Sua nova aparência acabou o afastando de sua namorada, amigos e dos esportes. Inconformado com a sua aparência Ciborgue acaba se isolando do mundo e encontra abrigo com os Titãs, quando conhece Ravena em Hell’s Kitchen. Lá ele passa a fazer parte de um grupo que não julga a sua aparência. Seu pai então constrói a torre dos Titãs para tentar se redimir com o filho.

Na versão dos Novos 52 a origem do Ciborgue muda um pouco e ele acaba se tornando um dos membros fundadores da Liga da Justiça no lugar de J’onn J’onzz, o Caçador de Marte. Na origem mais recente Ciborgue ganha os seus poderes após uma invasão de Darkseid e o seu pai usa o poder das caixas maternas para restaurar o corpo do filho.

Leia também:
Dossiê Pantera Negra
A trilha sonora de Luke Cage

No filme da Liga da Justiça e em Batman vs Superman a origem do Ciborgue também é parecida com a dos Novos 52.

O personagem também é conhecido pelo público mais jovem que assiste ao desenho animado Jovens Titãs do canal Cartoon Network. Nessa versão o personagem é mais descontraído e brincalhão, diferente da versões que o retratam mais sério fechado, em conflito com o seu corpo e com o que ainda o torna humano.

Alguns dos poderes do Ciborgue incluem: força e resistência sobre-humanas, tecnomorfismo a habilidade de manipular tecnologias e assimilá-las a si mesmo. Sistemas sensoriais, jatos propulsores que o permitem voar, mudança de forma que permite transformar qualquer parte do seu corpo em uma arma e regeneração tecnorgânica, que o ajudam a regenerar qualquer parte do seu corpo. Além desses poderes adquiridos após a transformação de seu corpo, Victor também é dono de um QI elevadíssimo, o tornando um dos heróis mais inteligentes da DC.

Ciborgue na animação Super Amigos.

Antes de aparecer no filme mais recente da Liga da Justiça, o personagem já apareceu na animação clássica dos anos 1970 Super Amigos, na série de TV dos anos 2000 Smallville e em diversas animações recentes da DC como Liga da Justiça: Ponto de Ignição (2013), Liga da Justiça: Guerra (2014) e Liga da Justiça vs. Jovens Titãs (2016). No cinema o personagem foi apresentado rapidamente ao público no filme Batman vs Superman: A Origem da Justiça (2016) e retornou em Liga da Justiça (2017).

Nos cinemas ele é interpretado pelo carismático ator Ray Fisher e existe um projeto para um filme solo do personagem, que havia sido anunciado anteriormente, mas o longa ainda não tem data definida.

Saiba mais sobre o Ciborgue no filme da Liga da Justiça:

A origem do herói nas animações mais recentes:

Sou formada em Artes Visuais, apaixonada por arte, música, livros e HQs. Editora nos blogs Las Pretas e Sopa Alternativa.