Com livro de contos inédito, Dany Wambire retorna ao Flipoços

Com livro de contos inédito, Dany Wambire retorna ao Flipoços

Autor afirma que escreveu livro inédito como um presente ao festival literário

 “Meu novo livro é um presente ao Flipoços, porque o festival mudou a minha vida”. Essa é a fala do jornalista e escritor moçambicano Dany Wambire, que retorna à 13ª edição do Festival Literário de Poços de Caldas, o Flipoços e lança o livro inédito “A mulher sobressalente”, pela Editora Malê.

No dia 1º de maio às 16h30 ele participa da mesa “Escrever em Moçambique: onde se buscam as matérias-primas do escritor”, ao lado também escritor de Moçambique, Manuel Mutimucuio.

A obra de contos a ser lançada em Poços de Caldas traz personagens que são homens e mulheres com destinos malfadados, obrigando o leitor a rememorar uma sociedade que oscila entre o passado e o futuro, deixando-o com um nó na garganta a cada desfecho das narrativas.

O conto que dá título ao livro traz como personagem a  Quinita, que foi abusada sexualmente pelo cunhado, com a anuência da família, inclusive da própria irmã, até que engravidasse e desse à luz um menino. O destino de Quinita, desse modo, tinha sido programado para servir como moeda de troca ao corrigir o passado do pai endividado pelo vício da bebida e da irmã que só paria meninas, ou seja, pagar dívidas contraídas pelo pai e salvar o casamento da irmã.

As histórias de Wambire, portanto, não são apenas singulares. São histórias que nos remetem para um mundo que parece inverosímil. Mas que não o é. Daí a importância da literatura que produz.

 

Já no dia 05 de maio, o autor  participa da homenagem ao Dia da Língua Portuguesa, em um bate-papo com  os autores João Pinto Coelho (Portugal), Manuel Mutimucuio (Moçambique) e Andrea Del Fuego (Brasil). A mediação será da professora e escritora Susana Ventura.

Esta é a segunda vez que o autor vem ao Flipoços. Em 2017 ele foi um dos membros da comitiva de autores moçambicanos e passou os nove dias do festival em Poços de Caldas, onde lançou o livro “A adubada fecundidade e outros contos”, participou de debates e oficinas, inclusive com estudantes da zona rural do município.

“Estou feliz por participar desta grade festa que é o Flipoços. Um evento literário que me marca por ter sido minha porta para o Brasil e também por ser multicultural e multirracial. O meu novo livro é um presente que dou ao festival, por ter mudado um pouco a minha pessoa sem que eu saiba dizer como, mas depois de ter estado em Poços de Caldas em 2017, decidi escrever este livro e retornar para lança-lo com exclusividade”, declarou o autor.

Para a curadora do Flipoços, Gisele Corrêa Ferreira, receber o autor novamente é uma honra para o festival. “Em 2017 tivemos essa parceria com os autores moçambicanos e foi um grande sucesso. Temos grande apreço por manter a língua portuguesa viva e fazer este intercâmbio. Estou muito contente em receber a obra que o Dany fez também como uma homenagem e um presente a nós. É gratificante saber que o Flipoços tem este papel na vida das pessoas”, pontuou.

Sobre o autor

Dany Wambire tem 28 anos e é natural da província de Manica, centro de Moçambique. Tem dezenas de textos publicados na imprensa de Moçambique e em inúmeras antologias, no Brasil e em Portugal.  É mestre em Comunicação e Licenciado em Ensino de História. Dany Wambire atualmente é professor na Beira. O escritor coordena também na Associação Literária Kulemba e dirige a revista SOLETRAS.

“A adubada fecundidade e outros contos”, seu livro de estreia, foi distinguido com menção honrosa no Prémio Internacional José Luís Peixoto (2013). “O curandeiro contratado pelo meu edil”, colectânea de crónicas, é a sua segunda obra publicada. A terceira é infanto-juvenil e intitula-se “Quem manda na selva”.

O Flipoços 

O Flipoços 2018 e a 13ª Feira Nacional do Livro de Poços de Caldas são realizados pela GSC Eventos Especiais e acontecem de 28 de abril a 06 de maio no Espaço Cultural da Urca. O Flipoços 2018 conta com o patrocínio do DME, BDMG Cultural, Codemge,Pólen um produto Suzano, Climepe, Fibrax, e Prefeitura de Poços de Caldas. Parceiro Cultural Sesc Minas, Instituto Camões, Editoras Sextante, Dublinense, Malê, Faro Editorial, Aletria, Leya, Trilha Educacional, Edições Sesc São Paulo. A programação oficial do Flipoços 2018 está no ar pelo site www.flipocos.com Agendamentos podem ser feitos com Maíra pelo coordenacao@gsceventos.com.br ou pelo telefone (35) 3697 1551.

Preta, feminista, da quebrada de São Paulo, fotógrafa. Escrevo com luz e me arrisco nas palavras. Nado pra não me afogar. Danço pra não enferrujar.