[Livros] Fantasma: Corra na direção de quem você quer ser

Fantasma, de Jason Reynolds, lançado pela editora Intrínseca, foi finalista do National Book Award de 2016 na categoria literatura jovem. Esse é o primeiro livro de uma série sobre um grupo de jovens que encontra no esporte uma forma de mudar as suas vidas.

Castle Cranshaw ou “Fantasma”, como ele gosta de ser chamado, é um adolescente negro que gosta de comer sementes de girassol, viciado em recordes mundiais, com um histórico de problemas na escola e que tem um passado violento relacionado ao seu pai, que está preso.

Inicialmente ele queria ser jogador de basquete, mesmo que não tivesse feito nada para alcançar esse sonho, e achava que não tinha nada demais em correr, já que era algo que ele sempre fez. Enquanto passava as suas tardes à toa comendo sementes de girassol e vendo a vida passar, uma oportunidade muda a forma como ele vê as coisas.

Um dia, enquanto voltava da escola, ele acaba disputando uma corrida na pista do parque com um dos melhores corredores de um time de corrida e ganha do garoto. O treinador da equipe fica impressionado com aquele jovem desconhecido, que correu de calça jeans e tênis velhos, e oferece uma vaga para ele no time.

“O problema é que não dá pra fugir de nós mesmos.”

A partir daí a vida de Fantasma começa a tomar outro rumo e o protagonista começa a questionar a sua relação com o seu passado violento e a primeira vez na vida em que ele teve que correr para se salvar. Além de aprender a lidar com a sua própria raiva, que acaba atrapalhando o seu desempenho na escola. Ele também tem uma vida humilde com a sua mãe, que não tem muito dinheiro, e compra roupas mais largas para que ele possa usá-las por mais tempo. Todos esses fatores fazem com que Fantasma sofra bullying na escola e sempre reaja de forma violenta as provocações.

Após entrar para a equipe de corrida, Fantasma precisa começar a andar na linha para não perder essa oportunidade, que ele nem sabia que queria. Além de tentar vencer o seu rival na corrida, um garoto albino chamado Lu, que tem mais oportunidades que Fantasma e tênis de corrida de verdade. Mesmo tentando melhorar, o garoto comete vários erros seguidos e, apesar de saber que o que ele estava fazendo era errado, é perfeitamente compreensível entender porque ele toma aquelas decisões, dado o seu histórico de violência e o que as pessoas esperam de alguém que passou por isso. Mas ele também aprende a lidar com as consequências de seus atos enquanto estabelece uma relação próxima com o seu treinador.

Ao fazer amizade com os seus novos companheiros de equipe, ele percebe que as suas novas conexões também tem tantos problemas quanto ele, mas fazem o possível para seguir em frente com as suas vidas e vivê-las da melhor forma possível, usando o atletismo como meio de transformação. A partir daí ele começa a entender como correr pode mudar a vida de alguém e começa a dar importância para o esporte, trocando o nome de LeBron James, um dos maiores atletas do basquete, pelo nome de Usain Bolt, recordista mundial nos 100 metros rasos.

“Você não pode fugir de quem você é, mas pode correr na direção de quem quer ser.”

Fantasma aborda temas como violência doméstica, bullying e abuso de drogas, usando o esporte como um meio transformador na vida dos jovens, que sem essa oportunidade teriam outro destino. Ele é de fácil leitura e, apesar de ser um livro infantojuvenil, qualquer um pode ler e interessar pela jornada do protagonista. Também é interessante notar que o protagonista e a maioria dos personagens que aparecem no livro são pessoas negras de diferentes classes sociais e experiências, o que enriquece ainda mais a história.

Sobre o autor:

Jason Reynolds, author appearing in Milwaukee in 2016. Handout photo.

Jason Reynolds é autor best-seller do The New York Times, vencedor do Kirkus Award e do Walter Dean Myers Award. Estreou na literatura em 2015 e, com Fantasma, foi finalista do National Book Award de literatura jovem em 2016.

*Texto publicado originalmente no Delirium Nerd.

Se interessou pelo livro?


Fantasma

Autor: Jason Reynolds

Editora: Rocco; Edição: 1ª (10 de setembro de 2018)

COMPRE AQUI

Compre pelo link acima e ajude o Las Pretas a continuar divulgando a Cultura Pop Preta e o trabalho de artistas negros. Agradecemos a sua colaboração!

Tânia Seles

Sou formada em Artes Visuais, apaixonada por arte, música, livros e HQs. Editora dos sites Las Pretas e Sopa Alternativa.