Janelle Monáe faz uma ode ao feminino em seu novo single “PYNK”

Janelle Monáe - Pynk
Janelle Monáe Pynk
Janelle Monáe Pynk

Janelle Monáe continua mostrando porque o seu novo trabalho é um dos lançamentos mais aguardados do ano. Após soltar dois singles de uma vez e sem aviso prévio, agora ela disponibilizou o single e o videoclipe da faixa “PYNK” em parceria com Grimes.

A música é uma ode ao feminino em forma de cor, a cor rosa no caso, além de trazer elementos queer e mostrar como se faz quando se quer discutir empoderamento e questões femininas na cultura pop.

A atriz Tessa Thompson marca presença novamente no vídeo e o ship entre a atriz e a cantora fica cada vez mais forte.

Veja também:
Janelle Monáe volta com tudo com dois singles e álbum novo
Saiba mais sobre o Afrofuturismo na música

Com calças em forma de vagina vulva e uma mensagem totalmente explícita, Janelle Monáe mostrou mais uma vez porque ela é uma das artistas mais talentosas e interessantes de sua geração. Desde o trabalho e a forte relação com o afrofuturismo, até a versatilidade mostrada em faixas como Django Jane e Make me Feel, que são muito diferentes, mas sem perder a essência da artista.

Em “PYNK” a sexualidade da mulher negra é o foco e tudo gira em torno disso, se em “Django Jane” ela pede espaço para a vagina falar, em PYNK é tudo sobre ela.

O aguardado álbum visual Dirty Computer está previsto para ser lançado no próximo dia 27/4.

“Pink is my favourite part…”

Veja o videoclipe de PYNK:

Sou formada em Artes Visuais, apaixonada por arte, música, livros e HQs. Editora nos blogs Las Pretas e Sopa Alternativa.