Mel Duarte lança clipe “Ocupação” do álbum de spoken “Mormaço”

Clipe foi gravado na Ocupação 9 de Julho e tem a participação da bailarina Cristina Santos

A artista Mel Duarte lançou, na última  sexta-feira (12), o clipe “Ocupação”, o primeiro do álbum “MORMAÇO – outras formas de calor”, que chega às plataformas no próximo mês de agosto.

A canção, que fala sobre envolver-se a ponto de ocupar espaço dentro de alguém, ganhou um vídeo com imagens e direção de Iuri Stocco e participação especial da bailarina Cristina Santos. A gravação ocorreu na Ocupação 9 de julho e tem também a participação de Mel Duarte. A edição ficou a cargo de Tarcilla Thaís e Tato T.  A produção e direção musical são de DIA.

“Ocupação fala sobre habitar outro corpo e ser fonte de energia, gosto muito dessa faixa porque ela me leva para um lugar leve, faz flutuar. Ter cantado o refrão também foi diferente, gostei dessa experiência”, contou Mel Duarte.

Ao final do clipe, a poeta faz uma referência a Preta Ferreira, líder do Movimento sem Teto do Centro, presa injustamente em 24 de junho deste ano, por lutar por seus direitos e reforça: #PretaLivre.

Assista ao clipe: 

Sobre o Mormaço

Com produção musical de Dia que já assinou discos de “Tássia Reis”, “Rimas e Melodias”, “Brisa Flow” entre outras, o disco foi gravado no C4Studio e chega com poesias sobre amor, paixão, afeto, paixão e erotismo. Além de DIA, o álbum traz músicos como Renato Taimes (arranjo de guitarra e execução), Sintia Piccin (sax e flauta), Richard Fermino (multisopros), Sivuca (percussão), Jackson Silva (baixo acústico), Weslei Rodrigo (baixo elétrico), Marcelo Soares (arranjo de cavaco, violão e execução), que dão ao trabalho todo o conceito. A única música que o DIA não assina é “Ressaca” produzida por Peter Mesquita.

Leia também:
Mel Duarte apresenta primeiro single do álbum de spoken ‘Mormaço’
[Playlist] O que você precisa ouvir no primeiro semestre de 2019

Para a apresentação deste trabalho, Mel Duarte mescla, no palco, música, ritmo e poesia acompanhada por banda com direção da atriz, cantora e MC Dani Nega. Com o próprio corpo, a voz e a performance, apresenta seus poemas em um espetáculo lítero musical, que proporciona a quem assiste, uma experiência sensorial e sinestésica única.

Algumas faixas contam com participações especiais, como a das cantoras Bia Ferreira, Nina Oliveira e do Rapper Amiri e cada uma das 10 faixas será “ilustrada” por uma fotografia da baiana Helen Salomão que assina as fotos do disco “Bluesman” de Bacu Exu do Blues, transformando o Mormaçoem um trabalho criativo e original que pode ser ouvido a sós, a dois ou em uma festa e foi pensado especialmente para emanar boas energias através dos poemas e dos sons ali contidos e experimentados.

“A escolha do conceito, que passa pelo nome, é justamente por conta da sensação térmica que quero provocar em quem escutar o disco. Mormaço fala sobre afeto, sobre coisas que fazem o peito aquecer. Eu quero convidar as pessoas a esquentarem seus corpos – sem precisarem de sol. Quero apresentar outras formas de calor, só que através da minha poesia. A ideia é que as pessoas se permitam viajar em uma experiência sonora diferente”, destaca Mel.

Sobre a artista

Mel Duarte nasceu na primavera de 1988 em São Paulo (SP). É escritora, poeta, slammer, produtora cultural e atua com literatura desde 2006. Publicou os livros “Fragmentos Dispersos” (2013),  “Negra Nua Crua” (2016, editora Ijumaa), “Negra Desnuda Cruda” (2018, ediciones ambulantes, Madrid, ES) e “Querem nos calar: Poemas para serem lidos em voz alta” (2019, Editora Planeta) É integrante da coletiva Slam das Minas – SP, batalha de poesias voltada ao gênero feminino e pessoas trans.

Em 2016 Mel foi destaque no sarau de abertura da FLIP (Festa Literária Internacional de Paraty) e foi a primeira mulher a vencer o Rio Poetry Slam (campeonato internacional de poesia) que acontece dentro da FLUP (Festa Literária das Periferias) no Rio de Janeiro.  Em 2017,foi convidada a representar a literatura brasileira no Festilab Taag, em Luanda, Angola.

Por sete anos, Mel Duarte também integrou o coletivo “Poetas Ambulantes”, que distribui e declama poesias pelo transporte público.

Na publicidade, já integrou o casting de campanhas como #VaiGarota, do Banco Itaú (2018), Olla (2017), Natura (2017) e Fundação Telefônica- Pense Grande (2016). Mel Duarte também já esteve no TED x Talks em 2016 e 2017. Em 2019 é poeta convidada do Circuito Sesc Arte da Palavra.

Mais informações em: www.instagram.com/melduartepoesia 

*Foto: Helen Salomão.

Tânia Seles

Sou formada em Artes Visuais, apaixonada por arte, música, livros e HQs. Editora dos sites Las Pretas e Sopa Alternativa.