Mel Duarte lança vídeo poema e celebra Dia Mundial da Poesia

**Créditos da foto: Renata Armelin

Material audiovisual faz parte de uma trilogia que comemora também os três anos do livro “Negra Nua Crua”

Para celebrar o Dia Mundial da Poesia – comemorado nesta quinta-feira, 21 de março – a poeta Mel Duarte lança o vídeo poema “Intensidade”, que faz parte da trilogia de vídeos que ela preparou e que também comemoram os três anos de lançamento do livro “Negra Nua Crua”.

No dia 14 de março ela lançou o vídeo “Negra Sereia”, poema que também integra o livro. A série tem imagens, edição e conceito de Richner Allan, que divide a direção com a autora da obra.

“A ideia em soltar esses vídeos além de comemorar os três anos de resistência do livro ‘Negra Nua Crua’ que me trouxe retornos incríveis é também para encerrar um ciclo. Eu amo o audiovisual, sou formada nisso e sinto que cada vez mais o meu trabalho pode chegar em outras esferas. A partir desse ano me dedico a um novo projeto, algo que venho trabalhando a muito tempo e não vejo a hora de compartilhar com vocês”, destacou a artista.

Veja também:
Eu Sei Porque O Pássaro Canta na Gaiola: a autobiografia de Maya Angelou

Para o próximo mês, Mel Duarte prepara também o lançamento do terceiro vídeo da série. Intitulado “Sobre o desfazer e depois voltar”, que contará com tradução em Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS), pensando na acessibilidade da comunidade surda. Para além disso, os dois primeiros vídeos também possuem legenda.

Sobre a artista

Mel Duarte por Dayane de Carlos
Mel Duarte por Dayane de Carlos

Mel Duarte nasceu na primavera de 1988 em São Paulo (SP). É escritora, poeta, slammer, produtora cultural e atua com literatura desde 2006.

Publicou os livros “Fragmentos Dispersos” (2013),  “Negra Nua Crua” (2016, editora Ijumaa) e “Negra Desnuda Cruda” (2018, ediciones ambulantes, Madrid, ES).

É integrante da coletiva Slam das Minas – SP, batalha de poesias voltada ao gênero feminino.

Em 2016 Mel foi destaque no sarau de abertura da FLIP (Festa Literária Internacional de Paraty) e foi a primeira mulher a vencer o Rio Poetry Slam (campeonato internacional de poesia) que acontece dentro da FLUP (Festa Literária das Periferias) no Rio de Janeiro. Em 2017, foi convidada a representar a literatura brasileira no Festilab Taag, em Luanda, Angola.

Por seis anos, Mel Duarte também integrou o coletivo “Poetas Ambulantes”, que distribui e declama poesias pelo transporte público.

Na publicidade, já integrou o casting de campanhas como #VaiGarota, do Itaú (2018), Olla (2017), Natura (2017), Fundação Telefônica (2016). Mel Duarte também já esteve no TED x Talks em 2016 e 2017.

Serviço

Confira os vídeos:

Negra Sereia:


Intensidade:

Tânia Seles

Sou formada em Artes Visuais, apaixonada por arte, música, livros e HQs. Editora dos sites Las Pretas e Sopa Alternativa.