Oshun e o seu Hip Hop com influências iorubá

Oshun

Oshun é uma dupla nova-iorquina de neo-soul e hip hop, formada por Niambi Sala e Thandiwe, o grupo traz influências da cultura iorubá para o seu trabalho, que também mistura elementos do hip hop e soul em seu caldeirão cultural.

Lauryn Hill e Eriykah Badu são algumas das influências da dupla que também usa elementos da cultura africana e do candomblé na estética de suas integrantes. O nome Oshun faz referência  a deusa iorubá de mesmo nome representante das águas doces, da beleza, da riqueza e do amor.

oshun“Juntas somos Oshun, um duo caracterizado pelo soul, pelo hip hop, pelo amor e dedicação a um propósito maior de empoderamento das mulheres, e de todas as pessoas, através da confiança, do orgulho cultural e do amor próprio.”

Além dos elementos de ancestralidade e espiritualidade, o trabalho delas também está ligado à política e discute a violência sofrida pelos negros americanos e também trata do empoderamento feminino, da comunidade negra e fala de amor próprio enquanto discute as questões da negritude, em especial das mulheres negras.

O som da dupla é carregado de feminismo e encorajamento para as mulheres, além de colocar na linha de frente a força e representatividade da mulher negra. É impossível não ouvir as músicas do duo e não sentir toda a energia que ela carrega, seja nas palavras de protesto ou na harmonia que transcende o trabalho e nos leva para um lugar de cura e amor.

Recentemente elas lançaram o single “Graduate” e o single de protesto “Not My President” em que faz críticas ao atual presidente dos EUA. Elas já passaram pelo Brasil em julho, se apresentando no SESC Pompeia em São Paulo e no Circo Voador no Rio de Janeiro.

Oshun – Graduate:

Oshun – Sango:

Oshun – Not My President:

Oshun – Protect Yourself:

Sou formada em Artes Visuais, apaixonada por arte, música, livros e HQs. Editora nos blogs Las Pretas e Sopa Alternativa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *