[Representatividade] Pequena Sereia Negra

Ontem dia 03 de Julho de 2019 foi anunciado que quem vai encarnar o icônico papel de Ariel, a Pequena Sereia na versão live action da Disney, será a jovem Halle Bailey.

Halle (19 anos) faz parte da dupla Chloe x Halle em parceria com a sua irmã. As duas iniciaram a carreira em 2013 quando faziam covers da Beyoncé para o Youtube. Nossa Rainha descobriu a dupla que lançou seu primeiro álbum pelo selo da Bey e em seguida fizeram parte da Lemonade tour.

“After an extensive search, it was abundantly clear that Halle possesses that rare combination of spirit, heart, youth, innocence, and substance — plus a glorious singing voice — all intrinsic qualities necessary to play this iconic role,” Rob Marshal, diretor do filme.

Tradução: “Depois de uma busca extensiva ficou claro que Halle possui a rara combinação de espírito, coração, juventude, inocência e substância – além de uma gloriosa voz – qualidades intrinsecamente necessárias para interpretar esse personagem icônico.” Rob Marshal 

A internet veio abaixo, de um lado a comunidade negra celebrando, do outro muitas pessoas brancas chorando e tentando explicar cientificamente que não é possível uma sereia negra, apesar do fato de que elas não existem. Assim como o Papai Noel e unicórnios, sereias são uma lenda. Ao contrário do racismo que toda essa situação escancara.

A declaração do diretor do filme deixa claro os motivos da escolha de Halle para interpretar Ariel. As críticas não deveriam ser baseadas em cor ainda mais quando sabemos que, na verdade, o contrario é que é a regra em infinitas produções. Não apenas quando historicamente personagens deveriam ser negros e são representados por atores brancos, há também o apagamento de personagens asiáticos e de origem indígena. O whitewashing segue firme e forte. Recentemente o ator Idris Elba declarou não ter interesse no papel de James Bond depois da enxurrada de críticas negativas.

Leia também:
5 desenhos infantis com protagonistas negros

Outro ponto que acho importante ressaltar aqui sobre a Disney é que, de certa forma, vejo um pouco de justiça sendo feita em termos de representatividade, já que a única princesa negra da Disney a Tiana é uma grande decepção em termos de roteiro, afinal ela passa mais da metade do filme como um sapo.

A versão em animação da Disney é de 1989, vista por mim mais de 89 vezes com certeza, é importante ver que a minha princesa mais querida vai ser parecida comigo. Fontes dizem que haverão atualizações no roteiro, mas as músicas mais importantes estarão lá.

O filme ainda não tem previsão de estreia e estamos na expectativa de saber quem será o príncipe Erik.
Deixo vocês com Chloe X Halle. Talento genuíno.

Fonte: Disney’s Live-Action ‘Little Mermaid’ Casts Halle Bailey as Ariel

Katy Illy

Preta, feminista, da quebrada de São Paulo, fotógrafa. Escrevo com luz e me arrisco nas palavras. Nado pra não me afogar. Danço pra não enferrujar.