SESC Belenzinho recebe MC Tha em show Rito de Passá

Álbum de estreia da MC funde funk com religiosidade afro-brasileira e elementos regionais do país

Nos dias 28 e 29 de fevereiro de 2020, o Sesc Belenzinho recebe a MC Tha em show do disco Rito de Passá, de 2019. Apresentação acontece na sexta e sábado, às 21h30, na Comedoria da unidade.

Acompanhada por Malka Julieta (guitarra, DJ e viola de arco) e Rayra Maciel (percussão), MC Tha apresenta músicas de seu álbum de estreia Rito de Passá.

Leia também:
Luedji Luna, uma nova voz ocupando espaços
Ibeyi: a dupla franco-cubana cheia de personalidade
Oshun e o seu Hip Hop com influências iorubá

Depois do lançamento de cinco singles e o EP Versões, de 2018, responsável pelo impulsionamento de sua carreira, a artista retorna com um álbum independente carregado de funk, religião, sentimento e regionalismo em cada uma das nove faixas e um interlude. Ao lado do produtor Pedro (Pedrowl!), Mc Tha compôs todas as músicas baseada em suas raízes e experiências.

O disco aborda desde o bairro Cidade Tiradentes, em São Paulo – onde nasceu e vive – ao Nordeste. Do amor carioca, à solidão em São Paulo. Das amizades paraenses, às raízes espirituais. Dos tambores, da umbanda – sua religião –, ao grito de um povo forte. Elementos esses presentes na sonoridade e letras de faixas como “Desce uma gelada todo dia é bom comemorar / O sol nasceu ao leste / E o leste também é meu lugar”, em Avisa Lá, e “E comigo ninguém pode / Porque meu Santo é forte”. Em sua produção, o disco passou por experimentações sonoras de artistas como Ubunto, Jaloo, Malka, Felipe Cordeiro, DJ Tide e MU540.

Com 26 anos, MC Tha é expoente do funk da Cidade Tiradentes, bairro de São Paulo onde nasceu, foi criada e vive. Além de suas conexões com a região onde nasceu, a MC desenvolveu laços fortes com a umbanda, religião afro-brasileira, e, desde então, têm relacionado elementos da religião com sua música e filosofia de vida. Por influência do amigo e cantor Jaloo, deu o ponta pé inicial em sua carreira em 2014 com o lançamento do single Olha Quem Chegou, chegando a mais outras faixas, um EP e um álbum. Tha já trabalhou com artistas como Linn da Quebrada, Banda Uó e Jaloo. Neste ano, a artista ainda participa do Lollapalooza e da primeira edição do festival GRLS, com line-up 100% feminina de artistas nacionais e internacionais.

MC THA

Dias 28 e 29 de fevereiro de 2020. Sexta e sábado, às 21h30
Local: Comedoria (650 lugares)
Ingressos: R$ 30,00 (inteira); R$15,00 (aposentado, pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e servidor da escola pública com comprovante) e R$9,00 (credencial plena do Sesc – trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo credenciado no Sesc e dependentes. Ingressos disponíveis pelo portal Sesc SP (www.sescsp.org.br) a partir de 18/2, às 12h, e nas bilheterias das unidades de Sesc a partir de 19/2, às 17h30. Limite de 2 ingressos por pessoa.
Recomendação etária: 18 anos
Duração: 90 minutos

Sesc Belenzinho
Endereço: Rua Padre Adelino, 1000.
Belenzinho – São Paulo (SP)
Telefone: (11) 2076-9700
www.sescsp.org.br/belenzinho

Estacionamento
De terça a sábado, das 9h às 22h. Domingos e feriados, das 9h às 20h.
Valores: Credenciados plenos do Sesc: R$ 5,50 a primeira hora e R$ 2,00 por hora adicional. Não credenciados no Sesc: R$ 12,00 a primeira hora e R$ 3,00 por hora adicional.

Para espetáculos pagos, após as 17h: R$ 7,50 (Credencial Plena do Sesc – trabalhador no comércio de bens, serviços e turismo). R$ 15,00 (não credenciados).

Transporte Público
Metro Belém (550m) | Estação Tatuapé (1400m)

*Foto: JR Franch