Netflix

Nappily Ever After

Dia 21 de setembro chaga nas telinhas da Netflix a nova comédia romântica Nappily Ever After, dirigido pela Haifaa al-Mansour, o filme é baseado no livro de  Trisha R. Thomas. Violet (Sanna Lathan) é uma mulher bem sucedida, trabalho perfeito, namorado perfeito, ela é perfeita. E gasta muito tempo preocupada com o seu cabelo, até que uma grande decepção a faz refletir sobre seu estilo de vida e impulsivamente raspar todo o cabelo. A

5 documentários pra assistir na Netflix

Eu adoro bons documentários. Eles são uma forma interessante de humanizar personagens icônicos ao mesmo tempo que mostram outras dimensões e aspectos das suas vidas, ou nos apresentam informações muito impactantes sobre coisas das quais não fazíamos ideia. Escolhi cinco docs disponíveis na Netflix pra você assistir e tirar as suas conclusões. Whitney – Can I be Me Whitney dona de uma voz sensacional, ela não fazia esforço pra cantar

Ava Duvernay

Conhecemos muitas atrizes e atores negros, mas falamos pouco sobre o pessoal atrás das câmeras, diretoras negras são pouco conhecidas e reconhecidas pelo seu trabalho. O mercado é cruel, difícil de entrar e não dá visibilidade. Ava DuVernay está abrindo espaço já há algum tempo com trabalhos de grande importância para o cinema e televisão. Não peça permisão Ava é norte americana, nasceu em 1972. É diretora, roterista e publicitária. No

Ela Quer Tudo

“Ela quer tudo“, (She’s gotta have it) é a nova série da Netflix, criada pelo Spike Lee baseada no filme homônimo de 1986. Preferi não ler resenhas sobre a série para escrever esse post, e ainda não tive a oportunidade de ver o filme, mas li o artigo da Vice sobre a artista Tatyana Fazlalizadeh que colabora com Spike Lee na produção da série. Porque algo que me incomodou inicialmente foi

Dear White People

A série Dear White People criou polêmica antes mesmo de estrear, com um teaser de apenas de 30 segundos ela gerou a revolta da audiência branca que clamava que a Netflix estava promovendo o “racismo reverso”, o “genocídio de pessoas brancas” e o “ódio” contra os brancos indefesos. Provavelmente foi a primeira vez na vida que eles descobriram que também faziam parte de um grupo racial, assim como os negros,

Luke Cage

Se você acompanha os seriados da Netflix já deve estar por dentro da série Luke Cage, terceira série do universo Marvel na Netflix, e mais um herói que se prepara para integrar a equipe dos Defensores no ano que vem. A série estreou no dia 30 de setembro de 2016 e, além de contar a história do herói de aluguel à prova de balas, também trouxe uma trilha sonora impecável que,

crazyhead

Zapeando pela Netflix, ultimamente, tenho encontrado algumas séries com protagonistas negras interessantes. Depois de Chewing Gum foi a vez de conhecer Crazyhead e vale a pena destacar essa série. Criada por Howard Overman da série Misfits, Crazyhead pode ser comparada com séries como Buffy e Supernatural, mas com muito mais humor e uma trilha sonora ótima. No primeiro episódio conhecemos Amy (Cara Theobold), uma jovem de vinte e pouco anos com problemas mentais que trabalha em um boliche. Ela