poesia

'espanca-estanca’ o novo livro da poeta Luz Ribeiro

Obra dupla em títulos contrapostos é a segunda da poeta e atriz que vive em São Paulo Às 19h do próximo domingo (26) ocorre, na Aparelha Luzia o lançamento do livro “estanca e espanca”, da poeta Luz Ribeiro. O evento terá sarau e os convidados devem ler textos do livro . A entrada é gratuita. Este é o segundo livro de poesias de Luz Ribeiro e reúne um apanhado de

Sarau das Pretas

Agenda Pretas em Marcha apresenta espetáculo “Quem é do asè é de paz” durante mês da Consciência Negra Composta por 16 eventos, a agenda do Sarau das Pretas, tem início neste sábado (4) e vai até o dia 30 de novembro com a programação Pretas em Marcha, pelo segundo ano consecutivo. Desta vez, a temática passa pela intolerância religiosa, com o espetáculo “Quem é do asè é de paz”.  Todos os

Sarau das Pretas

Poetas fazem espetáculo na programação da mostra em escola na periferia de São Paulo Para discutir a intolerância religiosa, o Sarau das Pretas apresenta o espetáculo “Quem é do asè é de paz” durante a 10ª Mostra Cultural da Cooperifa, que acontece na periferia da zona Sul de São Paulo. Na sexta-feira (27), as poetas que compõe o coletivo se apresentam na Escola Estadual Comendador Alfredo Vianello Gregório, no Jardim Vergueiro

viviane laprovita

Poetas encontram-se semanalmente em unidades do Sesc RJ com entrada gratuita e mediação de Yasmin Nigri. Durante todo o mês de outubro as poetas Viviane Laprovita e Angélica Freitas encontram-se semanalmente em unidades do Sesc no Rio de Janeiro (RJ) para discutir a literatura feita por mulheres. A entrada é gratuita e tem mediação de Yasmin Nigri. As sessões com as poetas são chamadas de “Expressões”, para que haja um

Sarau das Pretas debate intolerância religiosa

Evento é gratuito e ocorre na quinta-feira (28) às 20h com microfone aberto no Sesc Araraquara   Parte da série “Deslocamentos”, o Sarau das Pretas se apresenta na próxima quinta-feira (28) às 20h no Sesc Araraquara, em Araraquara (SP). A entrada é gratuita e tem como tema “Quem é o asè é de paz” , onde as poetas vão reforçar a posição pelo respeito ao direito da livre manifestação da fé. Esta

Onde jazz meu coração, a poesia de Ryane Leão

O projeto de intervenção urbana Onde Jazz Meu Coração tem mais de cinco anos. Se você é do tipo que presta atenção quando anda por aí, já deve ter visto alguns dos lambes com poesias da Ryane pelas ruas da cidade de São Paulo. Ryane Leão é de Cuiabá, porém há mais de sete anos mudou-se para São Paulo de onde nunca mais saiu. É escritora, poeta, lésbica, professora, estudante de letras

Slam

O que é Slam? O Slam é uma competição de poesia falada. O(a) poeta (slammer) tem até três minutos para apresentar um poema de própria autoria, sem acompanhamento musical ou adereços, objetos cênicos. Depois da apresentação ele(a) é avaliado pelos jurados, que são escolhidos na hora, com notas de zero a dez. Ao final das rodadas eliminatórias o(a) poeta com a maior nota vence. Origem A competição surgiu nos Estados