[Workshop] – Passaporte Wakanda – Despertando a Autoestima Da Mulher Negra Para Uma Nova Era

Passaporte Wakanda

No dia 14 de março de 2019 acontece no espaço Cubo o workshop “Passaporte Wakanda – Despertando a Autoestima Da Mulher Negra Para Uma Nova Era” ministrado pela coaching Kaká Rodrigues.

Sobre o projeto:

PROJETO PASSAPORTE WAKANDA
O Brasil tem em torno de 52 porcento de sua população constituída de negros (pretos e pardos), sendo o segundo país no mundo em população negra, seguido da Nigéria, país africano.

Veja também:
Intercâmbio: a experiência de uma mulher negra

Apesar de mais de um século da abolição da escravidão, convivemos com uma herança do período escravocrata existente no imaginário brasileiro que faz com que o racismo e a discriminação racial estejam profundamente enraizados na cultura e nas dinâmicas socais do nosso país, afetando a autoestima de mais da metade da população brasileira, especialmente da mulher negra que é hoje a base da nossa pirâmide social.

A autoestima é definida como a característica de uma pessoa que valoriza a si mesma, dando-lhe a possibilidade de agir, pensar e exprimir opiniões de maneira confiante.

Historicamente, a mulher sempre ocupou um espaço inferior em relação ao homem na sociedade. A mulher negra, então, nem se fala – machismo e racismo juntos. Em consequência disso, a situação específica da mulher negra e sua autoestima é muito complexa. As mulheres negras, constantemente são rebaixadas pela sociedade por não atender os padrões. Seus cabelos são “ruins”, são escuras demais, nariz largo demais, sem acesso a ocupar uma posição da qual possam se orgulhar, não são capazes de muita coisa. Nota-se como fundamental para a resistência e luta dessas mulheres o fortalecimento de sua autoestima. A consciência de que são fortes, inteligentes, corajosas. De que têm direito a autonomia sobre seus corpos, cabelos, carreira e sexualidade.

PROPÓSITO
Com o propósito de despertar o melhor das pessoas e vê-las mais felizes em sua jornada, a Escola ELAS inova com o Workshop Passaporte Wakanda, com foco no reconhecimento, acolhimento e cura das dores que afetam a autoestima da mulher negra.

A autoestima é formada ainda na infância, utilizando o tratamento que se dá à uma criança como peça chave, ou seja, se uma determinada criança for sempre oprimida em relação às suas atitudes, muito provavelmente esta criança desenvolverá a “baixa autoestima” como um entendimento de si mesma. Por outro lado, se uma criança forte sempre apoiada em relação à suas atitudes, dentro de parâmetros justos e edificantes de avaliação, também muito provavelmente terá a sua autoestima elevada em seu processo de amadurecimento pessoal.

Para despertar o poder da mulher negra, ativando sua autoestima, vamos reconectá-la com sua ancestralidade e com sua criança interior, desbloqueando as suas forças internas para a co-criação de uma vida extraordinária.

Agenda do evento: 

1 – AUTOCONHECIMENTO: quem é você no contexto racista? quais são as suas dores? onde está a sua voz?
2 – REBONINANDO: que história você 02 conta da sua história?
3 – RESSIGNIFICANDO: o que é o empoderamento feminino? quem eu quero ser para mim, minha família e para a minha sociedade?
4 – SAWUBONA SHIKOBA: Eu vejo você. A importância do pertencimento.

Sobre Kaká Rodrigues:

Feminista, negra, feliz, comunicativa, apaixonada por desenvolvimento humano, coaching, meditação e espiritualidade. Atualmente, é pesquisadora sobre os temas como gestão de conflito, comunicação não-violenta e empatia.

Serviço
Data: 14 de março de 2019, 19h-22h
Local: CUBO – Alameda Vicente Pinzon, 54 – Vila Olimpia, São Paulo, SP
Valor: R$ 17,50 (+ R$ 2,50 taxa) – Compre o ingresso no www.sympla.com.br.